Os estádios mais incríveis do futebol europeu.

As equipas mais emblemáticas do futebol não conseguem fugir a esta mudança drástica. Muitos deles vão sofrer mudanças radicais, outros serão mesmo demolidos para depois construir assim um novo local de culto para os seus fãs.

Na Europa existem 10 clubes que se preparam para construir o seus próprio estádios ou expandir e modificar aqueles que já possuem, tornando assim os estádios em obras modernas e impressionantes. Pondo assim fim à falta de espaço que têm algumas instalações, como por exemplo, na Itália onde muitos clubes partilham o mesmo estádio

Vamos ver então o Top 10 de projetos e estádios que já são uma realidade:

Wanda Metropolitano (Atlético de Madrid)

O Wanda Metropolitano pertence ao Atlético de Madrid, um estádio que custou mais de 310 milhões de €, embora o Atlético tenha pago somente 170 milhões. Este novo estádio da equipa da capital espanhola, tem uma capacidade para 68.000 espectadores, que vão poder aproveitar todas as comodidades que pode oferecer um estádio cinco estrelas. Pois este estádio foi criado para responder aos mais altos padrões de conforto, segurança e visibilidade.

Stamford Bridge (Chelsea)

O Chelsea tem um projeto ambicioso para a remodelação do seu estádio, para assim ampliar a capacidade do seu estádio de 41.600 pessoas para mais de 60 mil pessoas. O clube propõe baixar o nivel do estádio e construir o seu novo debaixo do nivel da rua. A maior novidade deste estádio será o seu design; o magnata Russo quer que o seu exterior seja parecido a uma catedral. O projeto, valorado em mais de 850 milhões de €, irá finalizar na temporada 2020/21.

A nova casa ‘rossonera’ (Milan)

O clube ‘rossonero’ obteve a autorização da “Fondazione Fiera Milano” para alugar os terrenos na zona de Portello. Ali irá ser construido um novo estádio com capacidade de 50.000 pessoas, que poderá ser lançado na temporada 2019/20. A equipa Italiana irá pagar 3,95 milhões durante 50 anos para o aluguer dos terrenos. Este estádio destaca pelo sua forma pouco habitual, que é mais parecido a uma zona de negócios com vários escritórios ou até a um centro comercial. Este recinto desportivo vai oferecer serviços educativos, recreativos e sociais para a cidade de Milão.

Santiago Bernabéu (Real Madrid)

A fachada do novo estádio dos galácticos vai ter incorporada uma enorme tela que vai ser usada em momentos especiais, mostrando o interior  desde o exterior. Este estádio vai contar com avanços tecnológicos: sistema de informação e comunicação, telas de 360 graus colocadas por cima das bancadas e um sistema de gestão de alta tecnologia. Está previsto a construção de zonas comerciais, zonas de lazer, restaurante, um hotel e um estacionamento subterrâneo. O seu telhado, que se fecha, vai permitir este estádio receber diferentes tipos de eventos.

Anfield (Liverpool)

Um dos estádios mais emblemáticos e legendarios do mundo, é Anfield, no entanto é um estádio que ficou muito pequeno. Depois de completar a ampliação da bancada Main Stand Anfield (as obras começaram em 2015), que ganhou mais 8.500 lugares e elevou assim a capacidade a umas 54.000 pessoas. A equipa Inglesa prepara agora outra ampliação do estádio, até os 60.000 espectadores. Têm até 2019 para executar novas obras. Este projeto foi valorado em mais de 126 milhões de €.

Camp Nou (Barcelona)

As obras do novo Camp Nou, vão começar na temporada de 2017/18. O Barcelona pretende assim aumentar a capacidade para 105.000 espectadores, através da criação de uma terceira bancada. A sua fachada será aberta e será formada por três zonas. O orçamento do Barcelona para este novo estádio é de 600 milhões de euros.

Estádio da Roma (AS Roma)

A Roma vai construir o seu novo estádio a Sudoesta da cidade, num antigo hipódromo e terá capacidade para 52.000 espectadores que vai ser ampliável a 60.000. Está inspirado no Coliseu e vai ter atividades o ano todo. A sua principal novidade é que contará com uma bancda especifica para os ‘tifosi giallorossi’, a Curva Sud, com cerca de 14.000 lugares e totalmente separada do resto das bancadas.

White Hart Lane (Tottenham)

Os planos do Tottenham é muito parecido ao executado pelo Athletic Club de Bilbao, construindo assim um novo estádio ao lado do atual, White Hart Lane. Este projeto foi criado em 2008 e espera-se que esteja pronto para a temporada 2018/19. Irá ter uma capacidade de 61.000 espectadores e especula-se que terá um relvado retrátil para que possa ser substituido por um sintético para os jogos da NFL, que projeta disputar três jogos por temporada em Londres. Este projeto inclui a construção de uma praça junto ao estádio e novas lojas e vivendas, assim como a reabilitação dos edificios históricos.

Balaídos (Celta de Vigo)

O novo estádio do Celta de Vigo será um estádio totalmente coberto e com capacidade para 31.000 espectadores. A nova facha vai projetar imagens e vão ser removidas as escadas no exterior. A sala de conferencias de imprensa e os vestuários, vão ter uma localização, debaixo da parte central das bancadas. As mesmas vão estar também mais perto do relvado, passará a ter só 8 metros de distancia do relvado, quando antes tinha 35 metros de distancia.

Anoeta (Real Sociedad)

O seu interior será modernizado, este estádio vai ser coberto e a urbanização ao redor será renovada. A Real Sociedad verá a sua pista de atletismo removida, embora este estádio poderá receber também jogos de rugby. As bancadas vão estar também mais perto do relvado e vão ser ampliadas para 42.300 espectadores

Se gostou não se esqueça de dar um like no nosso facebook e partilhar com os seus amigos.

 

Partilhas 0

Deixe um comentário