15 lugares amaldiçoados à volta do mundo

Todos gostamos de uma boa história. E todos gostamos de uma boa história que nos assuste um bocadinho. Conheça 15 lugares amaldiçoados à volta do mundo.

O livro “Haunted Places”, de Robert Grenville, mostra-nos 15 sítios assombrados à volta do mundo. Desde Jim Morrison a passear junto à campa até uma casa da ópera com seres de outro mundo.

Todos gostamos de uma boa história. E todos gostamos de uma boa história que nos assuste um bocadinho. Porque imaginar Jim Morrison a passear junto à campa ou uma noiva que assombra o hotel onde Marilyn Monroe passou a lua de mel assusta. Mas é divertido.

No livro “Haunted Places”, de Robert Grenville, podemos percorrer 15 sítios assombrados pelo mundo inteiro. Porque “todos nós gostamos de estar um bocadinho assustados, não é?”, atira o autor.

Conheça os 15 locais assombrados que Grenville escolheu:

 

Ilha das Bonecas, Xochimilco, Cidade do México, México

lugares amaldiçoados
Ilha das Bonecas, Xochimilco, Cidade do México, México

Os rumores que correm é que as bonecas estão possuídas pelos espíritos de crianças.

Farol de Sta. Augustine, Florida, EUA

lugares amaldiçoados
Farol de Sta. Augustine, Florida, EUA

Este farol, em 1874, foi o local escolhido por vários assassinos para matar as suas vítimas.

Ecclesgrieg House, St. Cyrus, Aberdeenshire, Escócia

lugares amaldiçoados
Ecclesgrieg House, St. Cyrus, Aberdeenshire, Escócia

Esta mansão de estilo gótico inspirou a casa de “Drácula”, o livro de Bram Stoker.

Mary King’s Close, Edimburgo, Escócia

lugares amaldiçoados
Mary King’s Close, Edimburgo, Escócia

Esta zona da cidade foi atingida por uma epidemia de peste no século XVII e ficou deserta desde aí.

 

Túnel, Château de Brissac, Angers, França

lugares amaldiçoados
Túnel, Château de Brissac, Angers, França

Os rumores dizem que esta casa está assombrada pela “senhora de verde”: uma mulher que foi morta pelo marido por ser infiel.

Hotel Banff Springs, Banff, Canadá

lugares amaldiçoados
Hotel Banff Springs, Banff, Canadá

Foi aqui que Marilyn Monroe passou uma das suas luas de mel. É assombrado por um homem e “a noiva”: uma mulher que morreu no seu vestido de noiva.

Casa da Ópera de Sterling, Derby, Connecticut, EUA

Casa da Ópera de Sterling, Derby, Connecticut, EUA

A sala de espetáculos de 1889 está desativada e, segundo os rumores, é assombrada por seres de outro mundo.

Mad Woman’s Room, Norton Conyers, Yorkshire, Reino Unido

Mad Woman’s Room, Norton Conyers, Yorkshire, Reino Unido

Esta casa inspirou o romance “Jane Eyre”, de Charlotte Bronte.

Caveiras, Catacumbas, Paris, França

Caveiras, Catacumbas, Paris, França

No século XVIII, os cemitérios ficaram sobrelotados e os mortos começaram a ser enterrados debaixo da cidade.

Cais de Cromer, Cromer, Norfolk, Reino Unido

Cais de Cromer, Cromer, Norfolk, Reino Unido

Aparece que o cais é assombrado por um comediante irlandês.

Capela, Poveglia, Veneza, Itália

Capela, Poveglia, Veneza, Itália

A ilha de Poveglia era usada como estação de quarentena para os barcos que chegavam. Diz-se que agora é a casa de almas inquietas.

Reformatório do Estado de Ohio, Mansfield, Ohio, EUA

Reformatório do Estado de Ohio, Mansfield, Ohio, EUA

O reformatório fechou em 1990 e agora é usado como cenário para vários filmes, como “The Shawshank Redemption”.

Mont St. Michel, Normandia, França

Mont St. Michel, Normandia, França

Esta abadia foi o sítio de uma batalha entre França e Inglaterra em 1434. Agora, o comandante francês continuará a guardar a ilha.

Caminho, Cemitério de Père Lachaise, Paris, França

lugares amaldiçoados
Caminho, Cemitério de Père Lachaise, Paris, França

Diz-se que o fantasma de Jim Morrison (Doors), sepultado aqui, passeia por este caminho. Também Marcel Proust e o companheiro costumam andar à procura um do outro.

Cemitério Precious Blood, Woonsocket, Rhode Island, EUA

lugares amaldiçoados
Cemitério Precious Blood, Woonsocket, Rhode Island, EUA

Depois de uma tempestade tropical em 1955, 50 caixões “saltaram” da terra e deixaram vários corpos espalhados.

Partilhas 0

Deixe um comentário